Tudo sobre Ubud

Índice deste post:

  1. Curiosidade e cultura sobre Ubud
  2. Quantos dias ficar
  3. Melhor época de visitar
  4. Como chegar até Ubud
  5. Como se locomover
  6. Onde ficar

Curiosidade e cultura sobre Ubud

Ubud foi cenário do filme ‘Comer, rezar e amar’ estrelado por Julia Roberts e por conta disso ganhou mais destaque internacional. E como retratado no filme, é conhecido por ser o centro espiritual de Bali.

A religião predominante em Bali é o hinduísmo balinês. Diferente da maior parte da Indonésia, onde o islamismo é a religião predominante. Os balineses acreditam que sua ilha é habitada por deuses e espíritos, portanto, a espiritualidade pode ser fortemente sentida em Ubud.

Lá você pode ver a influência religiosa em literalmente todos os lugares, por onde você andar vai encontrar moradores locais fazendo oferendas aos deuses. As oferendas desempenham um papel fundamental na cultura e religião balinesa. Elas são uma forma de adoração e expressão de gratidão aos deuses e espíritos, bem como uma maneira de equilibrar o mundo espiritual e material.

Ubud é conhecido também pelo seu trânsito caótico, que pode ser considerado um pouco mais tumultuado do que em outras partes de Bali, embora a ilha em geral compartilhe dessa característica. As ruas são consideravelmente estreitas, com poucas sinalizações e regras pouco claras, resultando em uma ocupação de cada centímetro por milhares de motos, rs. Por conta disso, é aconselhável que se você não possui experiência com motos, talvez Ubud não seja o local mais adequado para começar a aventura de motocicleta.

Outra característica muito marcante para mim em Ubud foi a qualidade do ar. Sim, o AR! Já explico! Viemos da Austrália, e devo dizer que o choque cultural foi significativo. Não tínhamos saído da Austrália desde 2019 e estávamos vivendo em uma espécie de bolha.

Em Ubud, para além das ruas turísticas, encontramos muita pobreza e falta de infraestrutura. Em muitos lugares, as pessoas queimam o lixo residencial. A primeira acomodação em que ficamos estava um pouco mais afastada do centro, então a prática de queimar o lixo era muito comum, e o ar cheirava a fumaça o dia inteiro!

A qualidade do ar era tão ruim que não conseguíamos ficar fora do quarto e aproveitar o ambiente externo da guest house em nenhum momento do dia. Entretanto, centro de Ubud, o cheiro de fumaça diminui e os aromas dos incensos predominam. Na minha opinião, para alguém que adora incenso, isso é muito mais agradável, rs.

Quantos dias ficar

Tudo sobre ubud

Ubud foi o lugar que mais ficamos nos nossos dois meses na Indonésia, no total foram vinte dias e não nos arrependemos nenhum pouquinho. Contudo, foram vinte dias com atrações e descanso.

Optamos por fazer as coisas com calma e também reservamos tempo para trabalhar, mas te garanto que se a gente quisesse preencher o dia completo de atividades durante esses vinte dias, era possível!

Além das diversas atrações que você pode encontrar em Ubud, o local também é um ótimo ponto de partida para quem quer conhecer outros atrativos da ilha que estão localizados próximos, como por exemplo, templos e cachoeiras.

Mas voltando à questão principal, eu diria que Ubud merece NO MÍNIMO 3 dias completos para conhecer os principais pontos turísticos. Se você tem mais tempo, se joga!

Melhor época para visitar

Piscina em ubud

A melhor época para visitar Ubud é na estação seca de abril a setembro. Sendo julho e agosto considerados os meses com maiores números de turistas. Os dias são beeem ensolarados e quentes, portanto, não esqueça de passar protetor solar e beber água!

Ao redor de Ubud estão concentradas várias cachoeiras LINDÍSSIMAS. Essa é mais uma razão para que você evite as chuvas, pois a grande quantidade de chuva pode interferir nas visitas, inclusive tornando o passeio perigoso.

Presenciamos uma semana de chuvas constantes em Bali quando estávamos em Uluwatu e vi notícias de que algumas cachoeiras ao redor de Ubud foram interditadas por conta do grande volume de água e também risco de deslizamento de terra.

Além disso, a estação seca é ideal para aproveitar as atividades ao ar livre, como caminhadas nas trilhas ou até mesmo praticar yoga em um dos famosos estúdios de Ubud.

Como chegar até Ubud

A forma mais comum e conveniente de chegar a Ubud é através do Aeroporto Internacional Ngurah Rai, localizado em Denpasar. A partir do aeroporto, você tem algumas opções:

Transporte Privado: Você pode contratar um serviço de transfer privado ou um motorista particular para levá-lo diretamente do aeroporto até Ubud. Essa é uma opção confortável e conveniente, especialmente se você estiver viajando com muita bagagem.

Táxi: No aeroporto, você poderá facilmente contratar um táxi para levá-lo até Ubud. Portanto, certifique-se de concordar com o preço antes de embarcar no táxi e esteja ciente de que a viagem pode levar cerca de uma hora, dependendo do trânsito.

Carros de aplicativo: Na Ásia utiliza-se Grab e Gojek, são plataformas semelhantes ao Uber que você pode se cadastrar e solicitar o carro quando estiver saindo do aeroporto.

Eu particularmente preferi contratar um transfer por indicação de uma amiga que havia chegado alguns dias antes já que chegaria no país sem internet e em alguns aeroportos a internet oferecida não é muito boa. Os locais que trabalham com transfer privado costumam fazer um preço um pouco melhor que os valores dos aplicativos, vale a pena negociar. O valor que pagamos do aeroporto até Ubud foi de 350.000 Rúpias e ele ainda levou a gente para comprar chip de celular e sacar dinheiro em um caixa eletrônico.

Entre as ilhas: Você pode usar a plataforma 12go Ásia para conferir todas as opções de trajetos, o tempo de cada rota e os valores. Nós usamos esse site para comprar todas as nossas passagens entre as ilhas. Aliás, um ponto muito positivo é que aqui você consegue ver o nome das empresas e exatamente de onde o transporte sai e onde ele vai te deixar.

Nós tivemos uma experiência bem ruim comprando com as agências locais, onde prometeram nos levar ao nosso destino final, mas no fim das contas, tivemos que pagar um carro de aplicativo extra para chegar ao nosso hotel. Foi a maior confusão e um estresse desnecessário.

Como se locomover em Ubud

Arrozal em ubus

A melhor forma de se locomover em Ubud é alugando uma moto, pois vai te proporcionar liberdade para fazer seus passeios no seu tempo. Mas como disse anteriormente, não é indicado caso você não tenha experiência. Se esse for seu caso, você pode usar os aplicativos (Gojek e Grab) para solicitar moto também, inclusive é bem barato!

Se você pretende fazer um day tour para algum lugar um pouco mais distante do centro, é recomendado que você contrate um transfer para te levar, pois as ruas não são muito estruturadas para pedestres, as calçadas são apertadas e em algumas partes elas simplesmente não existem.

Mas com um pouco de atenção com as motos, você pode também explorar o centro de Ubud caminhando! vai encontrar algumas ruazinhas charmosas cheias de restaurantes e também barraquinhas vendendo artesanato.

Onde ficar

A dica de ouro que vou te dar é: quando for buscar uma acomodação tenha como ponto de referência o Ubud Art Market. Portanto, Se você ficar nessa área não vai precisar se locomover muito para encontrar atrações e principalmente restaurantes com todas as opções de preço.

A nossa primeira acomodação era 10 minutos de moto do centro de Ubud e sinceramente era bem chato ter que sair todo o tempo para fazer o básico, como tomar café da manhã, pois não tínhamos muitas opções de restaurantes por perto e pegávamos muuuuito trânsito para chegar no centro, era bem caótico.

Mas se você quer fugir das ruas mais movimentadas e seu foco é descansar, vai encontrar muitos resorts e vilas saindo um pouquinho da muvuca do centro. Aliás, alguns resorts oferecem transporte com alguns horários determinados para levar e buscar os turistas no centro de Ubud e a distância média é de 10 minutos dirigindo.

Tem alguma duvida sobre Ubud? Deixe seu comentário aqui!

Pontos turísticos de Ubud que você deve conhecer!

Deixe um comentário