Guia sobre a Malásia

Este é um guia completo da Malásia, onde discutiremos vistos, moeda, transporte e segurança. Portanto, é um recurso valioso para quem planeja visitar este país diversificado do Sudeste Asiático.

Dica: Clique aqui e confira tudo que você precisa saber sobre Kuala Lumpur!

Índice do guia sobre a Malásia:

  1. Onde fica a Malásia
  2. Curiosidades
  3. Clima e roupas
  4. Tipo de tomada da Malásia
  5. Visto para brasileiros
  6. Melhor época para ir
  7. Como levar dinheiro
  8. Como se locomover
  9. Internet
  10. Seguro viagem

Onde fica a Malásia?

Você sabia que a Malásia está separada em duas partes?

Mapa da malásia

A Malásia é um país localizado no sudeste da Ásia. Ele está situado na parte sul da Península Malaia, que faz fronteira com a Tailândia ao norte, e também compreende a parte setentrional da ilha de Bornéu, compartilhando fronteiras com Brunei e Indonésia. Portanto, a Malásia está dividida em duas regiões geograficamente distintas: Península Malaia e Bornéu. Sua capital é
Kuala Lumpur, que está localizada na Península Malaia. A Malásia é conhecida por sua diversidade cultural, beleza natural e economia em crescimento.

Curiosidades sobre a Malásia

  • Parque projetado por Brasileiro: Roberto Burle Marx foi um renomado arquiteto paisagista e designer brasileiro contratado para criar o parque em 1975. O Parque Taman Tasik Titiwangsa é um espaço verde popular na capital malaia, oferecendo áreas de lazer, lagos e paisagens exuberantes, projetadas de forma a harmonizar com o ambiente natural e proporcionar uma experiência relaxante para os visitantes. Como resultado o trabalho de Roberto Burle Marx, é amplamente reconhecido por sua influência no design de paisagens e por suas contribuições à arquitetura paisagística em todo o mundo.
  • Diversidade Cultural: A Malásia é uma nação multicultural, onde malaios, chineses, indianos, e várias outras etnias coexistem harmoniosamente. Portanto, isso se reflete na culinária, festivais e costumes variados.
  • Monarquia Rotativa: A Malásia tem uma monarquia constitucional onde nove estados têm sultões que se revezam como rei a cada cinco anos. O país pratica uma política de “poder rotativo” entre os principais grupos étnicos, com cargos importantes sendo compartilhados entre malaios, chineses e indianos. Sendo assim único no mundo.
  • História Colonial: A Malásia tem um passado colonial britânico e português. Os edifícios coloniais ainda são preservados em lugares como Penang e Malaca.
  • Petronas Towers: As famosas Petronas Twin Towers foram as torres gêmeas mais altas do mundo. Elas são um símbolo do progresso da Malásia.
  • Economia em Crescimento: A Malásia é uma das economias de crescimento mais rápido no sudeste asiático, com uma infraestrutura moderna e uma forte presença industrial.
  • Cavernas de Gua Tempurung: A Malásia abriga uma das maiores cavernas calcárias do mundo, chamada Gua Tempurung, que é um local impressionante para espeleologia e exploração.
  • Capital: A capital da Malásia é Kuala Lumpur, uma cidade vibrante e cosmopolita conhecida por sua arquitetura moderna e cultura diversificada.
  • Língua oficial: A língua oficial na Malásia é o malaio, embora o inglês seja muito bem aceito.
Fotos de lugares turísticos do nosso guia para a malásia

Cultura e Costumes

O Islã é a religião predominante, e a Malásia é um país muçulmano. Isso influencia muitos aspectos da vida cotidiana, desde a comida halal (permitida pelo Islã) até a arquitetura das mesquitas. No entanto, há também uma presença significativa de religiões como o budismo, o hinduísmo e o cristianismo.

Um ponto importante que eu gostaria de destacar aqui, existe uma influência muito grande da população muçulmana e por essa razão pode ser que você se sinta mais desconfortável enquanto anda na rua enquanto mulher, principalmente em comparação com os outros países vizinhos, como Tailândia e Indonésia. Por isso, considero a Malásia como um país que se você
está viajando sozinha, por exemplo, é interessante considerar roupas que cobrem mais o corpo. Se você quer ler mais sobre esse assunto e mais dicas de segurança ao viajar sozinha, dá uma olhada aqui!

Comida na Malásia

Eu particularmente tive um pouco de dificuldade em me aventurar nas comidas de rua por estar muito mal do refluxo, estava evitando comidas muito diferentes ou muito condimentadas. Por isso acabei fazendo a maioria das minhas refeições em restaurantes que ofereciam opções mais saudáveis e leves.

A comida na Malásia é incrivelmente variada, misturando influências da China, Índia e cultura local. Eles usam ingredientes frescos como arroz, noodles, peixe e especiarias para fazer pratos deliciosos. Um famoso é o Nasi lemak, feito com arroz de coco, peixe seco, ovo e um molho picante chamado sambal.

Nos mercados de rua, você pode experimentar coisas incríveis como o Char kway teow, noodles fritos com camarão e vegetais, ou o Satay, espetinhos de carne grelhada com molho de amendoim.

Além disso, nas grandes cidades e centros comerciais, você pode encontrar comidas de todo o mundo a preços acessíveis. A Malásia é um lugar incrível para se aventurar na culinária, onde tradição e modernidade se misturam perfeitamente.

Clima e roupas

A Malásia apresenta um clima equatorial com temperaturas constantemente quentes, variando de 25°C a 35°C ao longo do ano, acompanhado por elevada umidade, geralmente entre 70% e 90%.

Portanto, é aconselhável vestir roupas leves ao visitar o país. Além disso, ao explorar locais religiosos como mesquitas e templos, é essencial lembrar-se das regras de vestimenta necessárias para entrar, cobrir os ombros e também os joelhos.

Tipo de Tomada

A Malásia usa o padrão britânico de tomadas com três pinos retangulares (Tipo G). Se você não tiver um aparelho eletrônico com esse tipo de plugue, primordialmente considere levar adaptadores ou conversores de energia para carregar seus dispositivos eletrônicos.

Imagem dos tipos de tomadas

Requisitos de visto

Nós brasileiros não precisamos de visto para entrar na Malásia como turistas, porém é necessário um passaporte válido por no mínimo 6 meses e com espaço para o carimbo.

É importante ter também uma passagem de saída do país, esse é um tema polêmico porque não é sempre que eles pedem, quando entrei por exemplo não me pediram. Porém é uma exigência oficial e eles têm o direito de pedir e impedir que você entre no país caso não tenha, então é melhor estar preparado.

Ah, e por fim não esqueça que brasileiros precisam apresentar o comprovante de vacina contra a febre amarela.

Melhor época para ir

A melhor época para visitar a Malásia, especialmente as áreas da Península Malaia, como Kuala Lumpur e Penang, é geralmente durante a estação seca, que ocorre entre dezembro e fevereiro. Durante esses meses, você encontrará menos chuvas e clima mais agradável.

No entanto, é importante observar que a Malásia é tropical e tem chuvas durante todo o ano, embora as chuvas sejam mais intensas durante a estação chuvosa, que ocorre de abril a outubro. As chuvas costumam ser curtas e intensas, com períodos de sol entre elas.

Se você planeja visitar as áreas da Malásia na ilha de Bornéu, como Kota Kinabalu ou Kuching, a estação seca é de maio a setembro, sendo esse o melhor momento para explorar a região sem muitas interrupções de chuva.

Em resumo, a estação seca, de dezembro a fevereiro, é geralmente a melhor época para visitar a Malásia para evitar chuvas intensas, mas esteja preparado para algumas pancadas de chuva ocasionais, pois o clima tropical pode surpreender.

Fotos de lugares turísticos do nosso guia para a malásia

Como levar dinheiro

A moeda da Malásia é o Ringgit Malaio, frequentemente abreviado como MYR. O Ringgit possui uma conversão muito parecida com o Real brasileiro, embora o Real seja um pouco mais valorizado.

Eu acho importante sempre ter uma quantia em dólares americano para trocar em casas de câmbio caso aconteça algum imprevisto, como por exemplo perder ou bloquear seu cartão de crédito. Na minha opinião, a melhor forma de obter a moeda local é sacando em um caixa eletrônico, já que na maioria das vezes o câmbio é muito melhor.

Se você está na Austrália eu recomendo abrir uma conta no UpBank. É um banco online e abrir a conta é muito simples e fácil. Esse foi o cartão que utilizei em todos os países que viajamos até agora. O atendimento é ótimo e rápido, o aplicativo é muito intuitivo e a melhor parte, eles não cobram taxas para saques ou transferências internacionais, alguns caixas eletrônicos
podem te cobrar, mas o cartão não cobra! Além disso, não tem limite de saques como alguns outros cartões.

Se você vem do Brasil ou algum outro país, recomendo adquirir um cartão viagem Wise. Atualmente é o cartão mais famoso para quem viaja por diversos países. Por ser muito bem aceito em mais de 170 territórios e por ter um IOF abaixo dos cartões normais. Diferente do UpBank, a Wise oferece apenas dois saques gratuitos por mês, com o valor máximo de R$1.400 cada um.

De qualquer forma, a Malásia possui uma boa aceitação para cartão de crédito, diferente de muitos lugares da Indonésia, por exemplo.

Como se locomover

Na Malásia, especialmente na capital, você encontrará um sistema de transporte público extremamente eficiente, composto por trens, metrôs e ônibus. Para utilizar o metrô, é possível comprar um passe diretamente na estação, selecionando seu destino final.

O valor do bilhete varia de acordo com a distância percorrida, e embora a compra na máquina possa parecer complicada à primeira vista, com um pouco de prática, você logo se acostuma. Se você precisar de um táxi, o aplicativo oficial Grab (semelhante ao Uber) é altamente recomendado.

Para planejar viagens entre cidades na Ásia, o 12go Ásia é uma plataforma de compra de passagens online amplamente reconhecida. Sua popularidade se estende por toda a Ásia, incluindo o Brasil. Independentemente do meio de transporte que você prefira, o 12go Ásia oferece diversas opções, como barco, van, ônibus, trem e até mesmo avião.

É especialmente conveniente para quem deseja planejar com antecedência e organizar tudo com eficiência, o que é crucial, sobretudo durante a alta temporada. Portanto o 12go Ásia, é uma escolha inteligente para garantir uma viagem tranquila e bem planejada entre as cidades da Ásia.

Internet

O acesso à Internet é geralmente bom em áreas urbanas. Muitos cafés, restaurantes e hotéis oferecem Wi-Fi gratuito. Para maior conveniência e conectividade constante, considere comprar um cartão SIM local para dados móveis.

Eu comprei o meu SIM card com internet ilimitada em uma loja chamada HotLink no aeroporto por $30 MYR que é aproximadamente $10 AUD. A loja fica em uma esquina, é toda vermelha e você vai ver assim que sair da área da imigração.

Lembre-se do Seguro Viagem!

Embora não seja obrigatório, é altamente recomendável obter um seguro de viagem que cubra despesas médicas, cancelamento de viagem e outros imprevistos, já que a maioria dos destinos internacionais não oferecem saúde gratuita para estrangeiros.

A Seguros Promo é uma empresa que se destaca pelo serviço prestado. Eles oferecem os planos de seguro viagem mais recentes e completos disponíveis no mercado, e têm parceria com as maiores e melhores seguradoras do país.

O site da Seguros Promo é uma ferramenta incrível, pois reúne todas as informações das seguradoras em um só lugar. Isso facilita muito a vida do cliente. Além disso, eles têm um comparador de coberturas e preços de seguro viagem. Com isso, você pode escolher a opção que melhor se encaixa no seu perfil e nas suas necessidades.

Com a Seguros Promo, encontrar o seguro viagem ideal se torna simples e conveniente, garantindo que você tenha a proteção certa para a sua viagem.

Faça aqui uma cotação de seguro para a sua viagem e ganhe 15% off com o nosso cupom de desconto.

Me conta aqui o que você achou sobre o nosso guia para a Malásia. Tem alguma dúvida ou sugestão? Vou adorar te ouvir!

Deixe um comentário